A vez das trattorias: quatro endereços para os cariocas loucos por massas - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

A vez das trattorias: quatro endereços para os cariocas loucos por massas

Para os amantes da boa gastronomia, o Rio está uma festa, com uma série de endereços novinhos em folha para explorar. Três deles já apareceram nas nossas agendas de fim de semana, e bombaram pela pegada artesanal que rendeu cardápios únicos e cheios de personalidade. Prepara o estômago e rola a tela! (por MARIANA BROITMAN) 


massa_nosso-ramen_foto-tomas-rangelMassa

Desde que o premiado chef Pedro Siqueira, a frente do Puro, no Jardim Botânico, decidiu se aventurar no universo da massaria, só ouvimos elogios. No lugar do extinto restaurante Q na Rua Dias Ferreira, agora está o Massa, casa com pinta de armazém onde o chef prepara diariamente massas frescas, pães, molhos e recheios, tudo com uma pegada bem brasileira. Um dos destaques do cardápio – que traz apenas 12 sugestões de entradas e principais -, é o gôndole recheado com pera e maça, molho cremoso de gorgonzola e crocante de castanha brasileira. E para os fãs de ramen, coisa rara aqui no Rio, Pedro traz uma versão com caldo e barriga de porco, servido com ovo, couve crispy e purê de feijão, referencia ao bom e velho macarrão com feijão. Que tal? E o bacana é que o excedente das massas ainda renderam receitas interessantes na ala das entradinhas e das sobremesas. Frita ela se transforma em chips, e mais a frente no cardápio, aparece como um falso cannoli. Rua Dias Ferreira, 617 Lojas A e B – Leblon. Tel.: (21) 3985-8191. 

Pici

A reabertura da Praça Nossa Senhora da Paz foi um alívio para quem transita por Ipanema. Foram só os tapumes baixarem para que o movimento voltasse a mil, e no meio disso tudo, veio o Pici Trattoria, italiano que inaugurou no olho do furacão da Rio 2016 e já está bom-ban-do. A frente da novidade estão os amigos – e sócios – Gustavo Gill e Leonardo Rezende, que realizaram o sonho antigo de abrir um restaurante italiano de verdade, que tenha como base receitas clássicas, mas com uma apresentação contemporânea. Para isso, a dupla convocou o jovem chef – e prodígio – Thiago Berton, que já passou pelo Lasai, aqui no Rio, pelo El Bulli, Mugaritz, na Espanha e pelo D.O.M em São Paulo. E entre tantas estrelinhas no currículo, o cara se formou justamente numa escola italiana do Piemonte. Pronto. O resultado foi um cardápio afetivo, que traz pratos conhecidos do público como o espaguete à carbonara, seguindo à risca a receita italiana: pancetta, massa de fio longo e nada de creme de leite. Aliás, as massas são feitas na casa, e compõem pratos incríveis como o nhoque ao Pesto com creme de burrata e raspa de limão siciliano e o hit da casa, o Pici com pomodoro, linguica artesanal e shitake. E para nós que somos clientes, o custo benefício interessante é um dos diferenciais, especialmente porque vai dos comes aos bebes, com uma carta de vinhos enxuta com opções que casam bem com o cardápio. Saiba mais aqui!

Trattoria del Campo

Outro que custou, mas finalmente tirou um projeto antigo do papel foi Francisco Pereira, o Chiquinho, ex-maitre do Quadrifoglio. O projeto de comandar a sua própria trattoria veio dos 26 anos a frente do tradicional restaurante, e escoltado por uma equipe formada por funcionários que trabalharam com ele ao longo deste período, ele apresenta a sua trattoria. A proposta é certeira: um lugar simples, porém aconchegante, com pratos bem executados e preços atraentes, tal qual una vera trattoria italiana. Todos os pães e massas são produzidos na própria casa, numa cozinha com paredes de vidro, que permitem aos clientes acompanharem o processo. De lá, saem massas frescas como o Torteli di Faraona, recheada com galinha D’angola, molho do assado e laranja caramelizada, o Ravioli de pêra, gorgonzola e nozes e o Gnocchi di Baroa com lagostins.
Trattoria Del Campo - Ravioli di Pera
E já que falamos em custo benefício acima, Chiquinho ainda vai além: os pratos variam entre R$ 30 e R$ 40. Que tal? 
Rua Fonseca Teles, 29, São Cristovão. Tel.: (21) 3518-0600.

Empório Domani

Depois de inaugurar o Manifesto BCA, que vem movimentando o pacato cantão do Leme com shows especiais, a chef Juliana Reis agora apresenta o Empório Do-Mani. O bairro é o mesmo, mas a proposta é totalmente diferente. De lá saem tanto petiscos e bons drinques, quanto antepastos e massas artesanais a peso, um dos grandes baratos de Juliana. Os mesmos rondelli de queijo e presunto, o canelloni de ricota com espinafre, nhoque de baroa e lasanha à bolonhesa do cardápio estão disponíveis para encomenda, uma carta na manga para quem costuma receber em casaAssim como os molhos bechamel, pomodoro, quatro queijos e bolonhesa. Você arma a combinação e recebe prontinho em casa, ou, como a chef sugere, leva a sua própria travessa e recebe ele pronto para ir à mesa. Para complementar, ainda oferece opções como a salada de bacalhau com grão de bico, as trouxinhas de porco fritas ao shoyo e os rolinhos de presunto cru, parmesão, redução de balsâmico e rúcula. Que tal? Dá uma olhada no cardápio completo aqui!

Mariana Broitman

Responsável por levar a Agenda Carioca para o universo digital, desde 2012 a jornalista Mariana Broitman divide com a Antonia a missão de pesquisar e experienciar o que o Rio tem de melhor. Curiosa e apaixonada pela Cidade Maravilhosa, se dedica a apresentar - e descomplicar - o que há de mais autêntico, sempre de olho em novos projetos e talentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *