Arp renova antigo point no Arpoador com Sudbrack no comando - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Arp

Arp renova antigo point no Arpoador com Sudbrack no comando

Há alguns verões, o point da vez ficava em um bar de hotel no Arpoador, onde os petiscos e os drinques no fim de tarde duravam até altas horas da noite, entre um mergulho noturno e outro. O Azul Marinho deixou saudade, afinal, aquele cantinho do Posto 7, em que só o calçadão separa o restaurante da areia, é um ponto pra lá de privilegiado. Agora, os saudosistas podem comemorar. O espaço do hotel Arpoador Inn reabriu e melhor do que nunca.

Batizado de Arp, o restaurante passou por uma grande obra e o espaço arejado e clean une, em um grande corredor, a R. Francisco Otaviano à Praia do Arpoador. A dona da cozinha é ninguém menos que Roberta Sudbrack, que junta o seu tempero aos drinks da bartender Néli Pereira para um cardápio descomplicado, com preços justos e bem brasileiro.

Seja para um café da manhã “pé na areia”, uma refeição completa ou um drink com petiscos em um fim de tarde à beira mar, o Arp aposta em pratos simples com muitos ingredientes orgânicos e de pequenos produtores, e em coquetéis que são a cara do Brasil.

Arp Dog é opção para lanche

O Amanhecer traz o café da manhã arp (R$ 71), sempre lotado nos fins de sermana, e que conta com tábua com seleção de produtos artesanais como pães de fermentação natural, embutidos, ovo caipira mexido, café filtrado, iogurte com granola, além de sucos, frutas e chás orgânicos. Quem prefere um desjejum à la carte, algumas opções são as arp pankakes (assadas à carvão, R$ 35), as tartines (de salmão defumado ou humus, R$39 e R$ 35), o english muffin (R$ 19) e os ovos caipiras em diversas preparações – rancheros (R$ 39), beneditinos (R$ 29) e omelete (R$ 19).

Mozza! Tomate! (foto: Rudá Simões / @panelando)
Vieiras na brasa

Já os cardápios de Entardecer e Anoitecer trazem opções como arp dog (R$ 36), arp fritas (R$ 21); a Mozza! Tomate! (tomate orgânico marinada, muçarela de búfala, basílico e pão queimado, R$ 28), as deliciosas vieiras na brasa com manteiga queimada (R$ 82), o cavatelli caseiro (de limão com bottarga ou vegetariano, R$ 42) e a milanesa de porco fininha (com salada morna de batata, R$ 46). Na ala doce, criações como a panacota de jaca (R$ 31), o fondant de chocolate (com creme inglês de cumaru, R$ 34), o bolo molhadinho de milho (com mel de cacau e coalhada, R$ 30) e a käsekuchen (torta de queijo com geleia de ameixa, R$ 26).

Fondant de chocolate (foto: Rudá Simões | @panelando)

Entre os drinques, ingredientes tropicais como jaca e chá de mastruz chamam a atenção. Algumas criações de Néli são o mojito da Amazônia (infusão de aridan, cumaru, hortelã, xarope de demerara e limão), o negroni carioca (gin, Campari, vermute e cold brew coffee, que remete ao clássico cafezinho da cidade), a jaca ( infusão de jaca, uísque e limão), e o mastruz aires (chá de mastruz, cachaça envelhecida e Fernet), todos a R$ 26.

ARP
Bar do Hotel Arpoador Inn (R. Francisco Otaviano 177)
Aberto todos os dias das 7h às 22h
Telefone: (21) 2529 1000

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *