Férias à vista: assessoria completa em viagens para Orlando é a proposta da Bibidiboo - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Férias à vista: assessoria completa em viagens para Orlando é a proposta da Bibidiboo

Assim como quem vem para o Rio pode aproveitar melhor a cidade se conferir as dicas da Agenda Carioca e tiver um amigo para ajudar a sinalizar as roubadas, quem vai para Orlando pode ficar mais bem parado se puder contar com um amigo conselheiro para chamar de “seu”. Em busca desse “guru” dos parques conheci a Bibidiboo, empresa que oferece serviço de conciergerie na cidade de Orlando, na Florida. A experiência foi tão positiva que achei que valia a pena compartilhar essa dica com os leitores da Agendinha Carioca, pais e filhos que um dia possam vir a embarcar nessa viagem.

Quem vai pra Orlando hoje precisa se familiarizar com todo glossário de palavras que não existiam na minha infância. Fastpass, Rider Switch ou Child Swap, Magic Band, Photopass… Se você é do time de pessoas que acham que dá para ir para a terra do Mickey como antigamente, deixar pra desenrolar tudo na última hora, te desejo muita sorte. Hoje simplesmente não dá mais! É muita informação e informatização. Sem programação e alguns macetes gasta-se uma fortuna e aproveita-se muito menos do que é possível. Os melhores brinquedos são super concorridos, as distâncias são grandes e tem muita gente circulando nos parques, o ano inteiro.

Minha preguiça de destrinchar tudo isso era estrutural, a falta de tempo idem. Me veio à lembrança uma postagem de uma amiga indicando uma empresa que atua como concierge em Orlando e que a tinha atendido superbem e planejado toda a viagem da família. Liguei para assuntar como funcionava e me encantei de cara com o atendimento das irmãs Regina Scripilliti e Camilla Macchiaroli. Mães com conhecimento de causa, elas montaram a Bibidiboo em 2015 para oferecer qualquer tipo de suporte que se faça necessário durante uma viagem a cidade. Depois que seus filhos nasceram, Orlando não só se tornou o destino mais comum de férias, como também, a residência definitiva de Camilla.

No meu caso, com dois filhos pequenos de idades e alturas muito diferentes – o que significa diferentesinteresses e restrições em muitos brinquedos -, precisava saber o que era mais indicado para cada um, escolher quais parques visitaríamos e em que sequência. Uma agradável surpresa por exemplo foi o Legoland, que muita gente fica com preguiça de ir por ser mais afastado, mas é super apropriado para crianças pequenas.

A assessoria das irmãs e equipe (além da troca de e-mails, montamos um grupo no WhatsApp) começou na elaboração do roteiro, seguida da compra dos ingressos. Como eu já tinha reservado hotel, pulei a ajuda delas na etapa da hospedagem. Forneci os dados do meu cartão de crédito e elas realizaram a compra de todos os passes online, associando os tickets dos parques da Disney ao meu Disney Pass. Os ingressos e as pulseiras da Disney foram entregues no meu hotel no dia da nossa chegada junto com um pijama fofo de presente para os meninos. A vantagem de já estar com a Magic Band (pulseira-ingresso) da Disney em mãos é não precisar entrar na fila para retirar pela primeira vez.

Antes de fazer contato com a BibidiBoo, já tinha passado um bom tempo na internet tentando reservar refeições com personagens. Não fiz com a antecedência máxima permitida, mas também não deixei pra última hora. Não consegui os restaurantes mais concorridos e muito menos horários decentes para comer com as crianças. Eis que elas me aparecem com reservas para todos os restaurantes que a gente queria. Perguntei como era possível, que truque elas tinham usado, pois sei que a Disney é super democrática, não tem esquema pra favorecer ninguém e elas me explicaram que o segredo do sucesso nas reservas é a determinação, a insistência, uma equipe que fica 24 horas por dia tentando até conseguir – coisa que a maioria das pessoas não tem energia e nem disponibilidade pra fazer. Volto a insistir que viajar pra Disney não é coisa para amador.

Já no primeiro dia de parque o Felipe perdeu a pulseira dele, que ainda serviria de ingresso para mais três parques. Gelei. Acionei as meninas da Bibidiboo imediatamente. Alguns minutos depois estava tudo resolvido. Os dados da pulseira do Felipe seriam transferidos para a pulseira do Lucas, que por ser menor de três anos não precisava de pulseira obrigatoriamente. Ainda assim, elas tinham tido a gentileza de mandar uma decorativa para ele não se sentir “excluído”.

O planejamento estratégico envolve reservar os primeiros três fastpasses do dia – a que todos tem direito – nos parques da Disney para utilizar a fila expressa. No Animal Kingdom, a nova área do parque batizada de Pandora, inspirada no filme Avatar, é tão concorrida que reservar o fastpass é a mesma lenga-lenga dos restaurantes. Mas elas conseguiram: uma guia nos esperava na porta do brinquedo com um fastpass sobressalente para o grupo. A assessoria também prevê outros tipos de “perrengues”, como o de uma criança que precisa ver um pediatra, uma mudança geral no roteiro por conta de intempéries e o extravio de uma bagagem, por exemplo.

Seguimos a recomendação de contratar um guia VIP pelo período de seis horas no dia que iríamos fazer o Island of Adventures e Universal Studios, dois parques em um único dia. O preço homem/hora assusta, mas ele te coloca na cara do gol de qualquer brinquedo. Um dinheiro bem pago, que se for um grupo grande economicamente faz ainda mais sentido. O tempo somado de espera nos brinquedos mais legais representava uma fila de dois dias.

Fora dos parques, o serviço de concierge também foi valioso, especialmente quanto às nossas alterações diárias em reservas de restaurantes. O dia entre os brinquedos é exaustivo, e a gente acabou desistindo ou mudando o horário dos jantares em várias das noites que havíamos programado. Qualquer que fosse o horário, elas prontamente remarcavam e atendiam novas solicitações. Já no circuito Disney Springs, os ingressos que elas compraram para o Cirque Du Solei tinham o melhor custo-benéfico por localização. E quando chegou a hora de voltar pra casa, a Bibidiboo providenciou um motorista com um carro enorme, que também desenrolou um carregador de malas chegando no aeroporto.

BIBIDIBOO
www.bibidiboo.com.br
[email protected] 

VEJA TAMBÉM: TRANSFORME SEUS VÍDEOS DE CELULAR NUM VIDEOCLIPE DA SUA MÚSICA FAVORITA

Antonia Leite Barbosa

Criadora da Agenda, Antonia Leite Barbosa é carioca, mãe de dois meninos e apaixonada pelo Rio de Janeiro. Leia mais em “A Autora”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *