Conheça o "Have a Coffee", o clube dos apaixonados por cafés especiaisAgenda Carioca

Conheça o “Have a Coffee”, o clube dos apaixonados por cafés especiais

No país do café, a cultura das cápsulas norte-americanas parece estar se sobrepondo. Mas se depender da turma do Have a Coffee, plataforma digital que estimula a cultura do café premium, a boa e velha versão moída não faltará nas mesas dos apaixonados pelo assunto. (por MARIANA BROITMAN) 

Como não amar um bom café? Um dos rituais mais gostosos que existem no país ganha um reforço especial pela mão do empresário – e agora coffee hunter – Marco Antonio Oliveira Santos. O carioca tirou do papel um sonho antigo: criou um clube de assinaturas online onde os membros recebem pacotinhos de 250 ou 500 gramas de cafés especiais em grãos ou já moídos, todos em embalagens que tornam a experiência ainda mais especial. Além de serem totalmente vedadas e valvuladas, já que o produto não pode receber iluminação, trazem no rótulo detalhes minuciosos da “safra”. “Comunicamos a origem do café para o cliente e o destino do café para o produtor. Junto do café vai o nome, a história e um pouco da cultura daquele produtor. Acreditamos que as pontas do processo são o caminho do aperfeiçoamento do produto e do comércio”, explica Marco Antonio.

O objetivo é redesenhar a relação comercial entre produtores e consumidores, valorizando o comércio transparente. “Enxergamos os caminhos do café, os processos e os aspectos sociais por trás de cada xícara, e queremos levar isso para o grande público”, explica. E a filosofia é levada a sério pela equipe composta por baristas, mestres de torra e especialistas em café, designers, artistas e programadores, todos unidos pela ideia de dar cara nova a velha experiência do cafezinho, alçando a bebida ao posto “premium”, hoje dominado pelos vinhos e cervejas artesanais.
Screen-Shot-2015-06-03-at-6.09.18-PM-e1433365793646
A curadoria é minuciosa, e assume o desafio de apresentar novas técnicas de trato ou safras especiais do produto. Aliás, especial aqui não tem nada de subjetivo. São classificados assim a partir de uma análise sensorial cheia de critérios, que checam pontuação e notas se adequando ainda às padronizações estabelecidas pela Specialty Coffee Association of America. E todas as análises aparecem no rótulo, que descreve o processo, o nome do grão, a técnica de secagem, altitude, nível e doçura, corpo, acidez e, por fim, a pontuação do café. A ideia é valorizar o produto nacional e difundir a cultura do consumo do café especial no país, cada um deles em edição limitada, selecionados nas principais fazendas e torrados artesanalmente na sede nas Montanhas Capixabas, atual sede do HAC. Portanto, as viagens são constantes: visitam propriedades produtoras de cafés especiais, selecionam os melhores grãos e realizam a torra artesanal, poucos dias ou até horas antes de o café ser enviado aos assinantes.

O site acompanha o mergulho no universo cafeeiro com matérias que apresentam o processo, dicas de preparo e curiosidades para os cerca de 600 clientes inscritos. E, claro, a ideia já conquistou vários parceiros. O primeiro foi o Mestre Queijeiro, de São Paulo, logo veio a carioca La Fruteria, e agora a grife Reserva, que depois do hambúrguer, se aventura novamente na gastronomia com o café “Pretinho Básico”. Disponível em duas versões – torra clara e escura – a bebida pode ser degustada nas lojas da marca no Rio Sul (RJ) e nos Jardins (SP) nas versões expresso, coado e cappuccino, ou levada para casa. “Desenvolvemos o conceito da bebida aplicado ao comportamento da marca para levar aos clientes um café superior, oferecendo a melhor experiência na xícara”, conta Marco, que antecipa que a iguaria tem notas de amêndoas e cacau, fruto de uma seleção de grãos especiais do produtor Alexandre Emerich, do sítio Bela Vista em Minas Gerais.
coffee hunter
O sucesso é tanto que Marco Antonio já voou com o Have a Coffee para a Dinamarca e com a ajuda de parceiros locais, vem conquistando os paladares europeus com os mesmos cafés premium Made in Brasil dos assinantes daqui. Ficou curioso? Inscreva-se no site www.haveacoffee.com.br.

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *