Conheça Vivian Avena Pires, a fogueteira por trás dos fogos de Copacabana - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Conheça Vivian Avena Pires, a fogueteira por trás dos fogos de Copacabana

31 de dezembro, 23h59 e de uma base de comando na Avenida Atlântica, Vivian Avena Pires é quem apertará o botão que dispara os fogos que vão marcar o primeiro segundo do ano para mais de 2 milhões de cariocas e turistas presentes.

Nem pirotécnica, nem técnica em pirotecnia: ela se denomina fogueteira, termo reconhecido na Bahia, de onde ela vem. À frente da Pirotecnia Igual Brasil – filial nacional da empresa espanhola -, a diretora comanda os fogos da praia de Copacabana desde 2010, mas conta que teve um dedinho na realização do espetáculo desde que a festa passou a ser pública.

“Tudo começou no momento em que procurei Francisco Grabowsky, Presidente da ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), em 1996, para propor uma mudança na configuração do Réveillon de Copacabana. Na época, cada hotel contratava sua própria queima de fogos, e assim ficava um samba do criolo doido. Percebemos que o maior réveillon do mundo, no mais bonito cenário do mundo, não era o mais bonito do mundo. Propusemos, e Grabowsky topou a ideia de fazer um pool de todos os hotéis e um único espetáculo, sincronizado, absolutamente idêntico, em 10 pontos da praia, antes nas areias e hoje nas balsas. Á partir daí, e há exatos 20 anos, esse virou o formato do Réveillon de Copacabana”, relembra.Responsável também por produções incríveis e marcantes como as aberturas da Copa do Mundo de 2014, e das Olimpíadas cariocas, além do show do réveillon do Sheraton Leblon e Barra, Vivian ressalta a emoção de participar de eventos desse porte. “Toda experiência é fantástica, mas estar envolvida nesse evento internacional de tanta repercussão dá um orgulho danado, mais ainda quando tudo, absolutamente tudo e não só o espetáculo pirotécnico é tão elogiado e lindo”.

A preparação para o maior show de ano novo no Brasil começa logo depois do Carnaval, e nos últimos dias antes do “dia D” de Vivian, o cronograma começa no dia 25 e dura 8 dias de trabalho, das 5h30 às 17h30. “Todos os técnicos, estrangeiros ou brasileiros, além da equipe de produção e carregadores ficam hospedados num hotel na Ilha, próximo ao local de montagem, todos almoçamos e jantamos juntos. Na verdade, muitos de nós não sabemos o que é Réveillon, no dia 31/12, há exatos 25 anos”, explica.Este ano, a atração musical principal é O Grande Encontro, celebrando os 20 anos do espetáculo de Elba Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo. Tem ainda show dos cantores Leo Jaime, Alex Cohen, set do DJ MAM e apresentações das escolas de samba Unidos da Tijuca e Mangueira, além de outras surpresas até o dia clarear.

Nos preparativos deste ano, já estão garantidos os 12 minutos de show pirotécnico, disparados de 11 balsas, com efeitos, fases, cores e formas distintas. “Nada paga a emoção de ouvir 2 milhões de pessoas felizes, aplaudindo e vibrando com o nosso trabalho”, diz a baiana. Ela promete um verdadeiro escândalo na virada para 2017. Esperamos ansiosos!

Um comentário

  1. Cidinha Rocha
    5 de janeiro de 2017

    Muito orgulho da Sra Vivian Pires, fogueteira oficial do Brasil.
    Magnificos shows pirotécnicos, que tantas alegrias traz nessas datas e eventos especiais.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *