"Dona Flor" volta aos cinemas com Juliana Paes, Leandro Hassum e Marcelo Faria - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

“Dona Flor” volta aos cinemas com Juliana Paes, Leandro Hassum e Marcelo Faria

Terceiro maior sucesso de público da história do cinema brasileiro, Dona Flor e Seus Dois Maridos, de Bruno Barreto, levou mais de 10 milhões de espectadores aos cinemas desde que foi lançado em 1976. Quatro décadas depois, a obra de Jorge Amado permanece no imaginário dos brasileiros, e promete cativar o público e novas gerações em seu surpreendente retorno aos cinemas. Na nova versão, aprimorada e ampliada, a responsabilidade de interpretar os personagens eternizados por Sônia Braga, José Wilker e Mauro Mendonça ficou por conta de Juliana Paes, Marcelo Faria e Leandro Hassum, que não deixaram por menos.

Pedro Vasconcelos, que dirigiu Juliana Paes na novela A Força do Querer, é quem comanda a nova produção, que conta também com as atrizes Nívea Maria e Ana Paula Bouzas. Filmado no Rio de Janeiro e em Salvador, a nova adaptação cinematográfica valoriza o rico universo de Jorge Amado, incluindo personagens da obra literária que não integraram o primeiro filme.

Um dos desafios enfrentados pela equipe de arte foi transformar o turístico e movimentado Pelourinho dos dias de hoje, no bucólico largo colonial retratado nas fotografias do francês Pierre Verger. Capitaneados pelo diretor de arte Zé Luca, a equipe de produtores e contrarregras cobriu todas as interferências “modernas”, como placas e letreiros, e ainda driblou as hordas de turistas com filmagens realizadas no único horário em que o Pelourinho está vazio: de meia-noite às 8h da manhã. A cenografia e o produção gráfica ficaram a cargo do designer Gustavo Portela, que assinou o projeto da primeira edição da Agenda Carioca. Preparem-se para morrer de saudade com a farmácia do Teodoro, um dos melhores exemplos da minuciosa pesquisa de época.

O filme, que estreou no dia 2 de novembro na terra do autor Jorge Amado, chega ao circuito nacional no dia 23 de novembro. Mas já dá para se divertir com o elenco principal na cena disponibilizada aqui! Nela, o recatado Teodoro declara seu amor à Flor, a quem pede em casamento. Conservador e metódico, o farmacêutico representa para a cozinheira a segurança e a paz que nunca teve com o primeiro marido. Clica aí!

SOBRE A HISTÓRIA

No início da década de 40, Dona Flor, sedutora professora de culinária em Salvador, é casada com Vadinho, que só quer saber de farras e jogatina. A vida de abusos e noites em claro acaba por acarretar na sua súbita morte, deixando Dona Flor precocemente viúva. Com o tempo se rende aos encantos dos recatado e metódico farmacêutico Dr. Teodoro e se casa novamente. Mas, apesar da estabilidade e harmonia no lar, as saudades do primeiro marido são eternas – mesmo diante dos defeitos, ele era um amante maravilhoso. Tantos lembranças do passado acabam invocando seu espírito, que pode ser visto somente pela viúva. Os dois maridos passam a dividir o seu leito colocando-a num dilema.

Antonia Leite Barbosa

Criadora da Agenda, Antonia Leite Barbosa é carioca, mãe de dois meninos e apaixonada pelo Rio de Janeiro. Leia mais em "A Autora".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *