Empresa do Rio fatura prêmio por projeto social - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

riomix

Empresa do Rio fatura prêmio por projeto social

Além de programas culturais na cidade do Rio, também temos o orgulho de contar aqui algumas iniciativas de empresas cariocas e fluminenses que fazem a diferença. É o caso da Riomix Argamassa, que recebeu este mês o Prêmio CBIC de Responsabilidade Social 2019 – Categoria Empresa. O programa Emboço Social funciona da seguinte forma: os clientes devolvem os sacos de argamassa vazios e, assim, podem ajudar famílias em situação de vulnerabilidade a proteger suas casas com o revestimento externo.  A cada 100 sacos recolhidos das obras, um saco de 50 quilos de massa pronta para emboço é doado para comunidades carentes cadastradas no programa. Ao mesmo tempo, a argamassa da RioMix, chamada de Celumassa, vencedora do Prêmio CBIC de Inovação e Sustentabilidade do ano passado, é feita de um material sustentável que ajuda o meio ambiente, fechando o círculo da sustentabilidade.

De olho na nova era, a empresa, fundada em Itaboraí em 1997, apresentou em 2015 a Celumassa, uma argamassa aditivada de fibras de celulose proveniente da reciclagem de sua própria embalagem. Em 2016, aconteceu o lançamento oficial da Celumassa, usada na obra modelo do CT do Fluminense. “Nossas empresas sempre tiveram a vocação para aproveitar ao máximo todos os recursos materiais. Entendemos que nada se perde, tudo tem poder de se transformar em algo de valor. A Celumassa surgiu da nossa vontade em apresentar para os usuários uma alternativa para o simples descarte na natureza das embalagens dos nossos produtos após o seu uso”, explica Rafael Vieira, diretor da RioMix.

Como uma consequência natural da argamassa reciclada, surgiu então, em 2018, o projeto Emboço Social. Até novembro, já foram mais de 460 mil sacos reciclados e aproveitados para aditivar as argamassas, beneficiando 92 famílias. A expectativa é que com o crescimento do mercado da construção e com o aprimoramento da recuperação das embalagens, a RioMix alcance em 3 anos mais de 2,5 milhões de sacos reciclados, com 500 famílias contempladas. “Os lugares que meu pai me levava quando eu era criança eram iguais aos que meu avô o levava. Porém, hoje os mesmos não estão mais iguais para eu levar os meus filhos. Não só empresas, mas os usuários/consumidores têm o poder de direcionar as empresas para um futuro mais limpo, apenas fazendo escolhas mais conscientes na hora de comprar”, finaliza Rafael Vieira.

Um comentário

  1. Daniel
    23 de dezembro de 2019

    Demais! O Rafael Vieira é um pica das galaxias

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *