Novas exposições agitam a cena cultural do Rio - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Novas exposições agitam a cena cultural do Rio

Uma série de novas exposições – muitas gratuitas – tomaram conta do Rio de Janeiro logo após o carnaval. Os temas são bem variados: tem as mazelas da cidade retratadas por um olhar estrangeiro em O Caso Flávio – O Cruzeiro x Life: Gordon Parks no Rio de Janeiro e Henri Ballot em Nova York; mas tem também um resgate a autoestima do carioca com a mostra A Cara do Rio. Tem lixo transformado em arte no Crab com Entre Contrastes, e tem muita interatividade com Diálogos Urbanos. Quer saber mais? Confira um pouquinho com seleção que preparamos para você se programar.

A CARA DO RIO

a cara do rioA exposição A Cara do Rio chega a sua 11ª edição com objetivo de resgatar a autoestima do carioca. Através de obras de 90 artistas, como Paulo Villela, Denise Araripe e Marcelo Frazão, a mostra promete declarações de amor à cidade, sem deixar de lado críticas e denúncias, misturando as belezas e as mazelas do Rio. O público vai poder apreciar pinturas, fotografias, esculturas, instalações e cerâmicas, além de uma grande obra da carioca Marina Vergara, que vai ocupar a área externa entre o prédio do Centro Cultural dos Correios e o da Casa França Brasil. A exposição estreia dia 28 no Centro Cultural dos Correios ( R. Visconde de Itaboraí 20, Centro) com entrada franca.

ENTRE CONTRASTES

Transformar sobras industriais em arte. É essa a proposta da exposição Entre Contrastes, que entrou em cartaz no dia 23 de fevereiro no Crab. A exposição traz cinco ambientes distintos com experiências sensoriais que vão agradar tanto os adultos, como as crianças. O visitante pode experimentar um tear manual, passar por um túnel com projeções de vídeos, mergulhar em uma parede de tecidos e passear descalço por um grande tapete feito com os mais variados materiais e texturas. A mostra valoriza o trabalho do artesão de Santa Catarina e diverte o público. A entrada é gratuita e o Crab fica na Praça Tiradentes, no Centro.

O CASO FLÁVIO

Em 1961, a miséria de uma favela carioca foi estampada na capa da revista Life, uma das principais dos Estados Unidos, provocando a ira de muitos brasileiros. Em resposta, a publicação brasileira O Cruzeiro decidiu retratar a miséria das grandes cidades norte-americanas, gerando um grande embate editorial. O Caso Flávio – O Cruzeiro x Life: Gordon Parks no Rio de Janeiro e Henri Ballot em Nova York, ocupa a Pequena Galeria do IMS Rio desde o dia 20 de fevereiro, reunindo 15 fotografias do americano Gordon Parks feitas na Favela da Catacumba, e outras 15 do franco-brasileiro Henri Ballot registradas numa área degradada da Big Apple. O IMS fica na R. Marquês de São Vicente 476, Gávea. De terça a domingo, das 11h às 20h.

CONTROVALORI

Tendo como questão principal a ideia do valor da obra arte, o italiano Salvatore reinventa a dinâmica do capital com a exposição Controvalori, usando os instrumentos do que ele chama de ‘Arte Poverissima’, como etiquetas de preços, contratos, documentos de leilões de arte, centavos e outros elementos que, transformados em matéria de criação pelo artista, redefinem as regras do jogo e relativizam o valor da arte. As obras podem ser vistas na Martha Pagy Escritório de Arte Visitas por agendamento em [email protected]

DIÁLOGOS URBANOS

dialogos urbanosEsqueça todas as regras de exposições de artes e museus! Aqui a ordem é rabiscar, pisotear, tocar, tirar foto e intervir nas obras expostas. Essa é a mostra ‘Diálogos Urbanos’ que fica em cartaz até o dia 23 de março no Salão Nobre do Palácio Tiradentes. O artista e criador, Anderson de Souza, propõe que os visitantes interajam com a exposição que é formada por objetos retirados das ruas. Curtiu? Então solta a criatividade e vai pra lá que a entrada é gratuita e aberta de segunda a sábado, das 10h às 17h.

RELIGARE

Aproveitando o Dia Internacional da Mulher, o Parque das Ruínas recebe a exposição Religare, que foca nas transformações femininas pelas lentes da fotógrafa Aline Macedo. O conceito de imagem encenada traz à tona a importância do debate sobre o despertar da força da mulher nos dias de hoje. Visitas estão abertas de 4 de março a 1º de abril, de terça a domingo, das 8h às 18h. O Parque das Ruínas fica na R. Murtinho Nobre 169, Santa Teresa.

POP-UP ART GALLERY: COLETIVO UM QUATRO OITO

O shopping Casa & Gourmet, em Botafogo, criou um espaço para a mostra de cinco artistas diferentes que, nos fins de semana, vão  se alternar em sessões de live painting. O ambiente montado é super intimista, com sofás, poltronas e uma chaise longue, para o público apreciar as obras sem pressa.  Já para ver o coletivo colocando a mão na massa, as sessões de live painting são sempre aos sábados, às 18h e aos domingos, às 14h, durante todo o mês de março a partir do dia 4.

MOSTRA MUNDI

O shopping Rio Sul também abriu as portas para a arte com a Mostra Mundique apresenta artesanatos, produtos e peças exclusivas vindas do Peru, Dubai, Tunísia, Índia, Turquia, Indonésia, Filipinas e Rússia. Os visitantes serão recebidos pelos próprios artesãos de algumas das peças que estão lá para explicar diretamente como elas são feitas e seus usos na cultura local, aprofundando o contato com o país. E você ainda pode levar para casa aquela peça linda que se apaixonar, já que todos os objetos estão à venda.

NOVIDADES NA LUCIANA CARAVELLO ARTE CONTEMPORÂNEA

A Luciana Caravello Arte Contemporânea inaugura no dia 6 de março duas novas exposições.  Um segredo é a palavra viva entre uma boca e um ouvido traz 16 obras do artista paulistano Nazareno, e tem o objetivo de que público reflita sobre a questão do segredo através quatro obras tridimensionais e 12 desenhos sobre diversos suportes, como madrepérola, couro, papel, madeira, entre outros. Na mesma data, a mostra Young Male: Fotografias de Alair Gomes traz 40 obras raras do fotógrafo, que terá, pela primeira vez, uma mostra individual em Ipanema, bairro onde morou e que foi o cenário de quase todas as suas fotografias.  Classificação etária 18 anos.  A galeria fica na Rua Barão de Jaguaripe 387, Ipanema.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *