Fotógrafo do I Hate Flash cria livro com autorretratos feitos durante isolamento - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Fotógrafo do I Hate Flash cria livro com autorretratos feitos durante isolamento

Na odisseia pandêmica, a arte foi uma das maiores aliadas não só para manter um nível ínfimo de sanidade. Em muitos casos, essa relação foi mais longe e a imaginação se expandiu para além das quatro paredes das casas e apartamentos. O fotógrafo Fernando Schlaepfer, sócio fundador do coletivo I Hate Flash, foi um dos artistas que transformaram a situação de isolamento a seu favor, iniciativa de um projeto que hoje virou um livro.

I Hate Flash

Inspirado pela ideia do grupo de instigar a criatividade de seguidores e contribuidores através de semanas temáticas nas redes sociais, Schlaepfer decidiu olhar para si mesmo e criou uma coletânea de autorretratos que abordam os diferentes estágios, sentimentos e fazeres da quarentena e estão disponíveis no livro  “Autorretratos de Um Isolamento”. Durante um ano, momentos pessoais eram registrados em jogos de cores neon e manipulações de imagem, criando uma narrativa particular para cada imagem. “Escolhi isso principalmente pensando que não queria parar de criar imagens nesse período isolado. Eu teria que me virar com os cantos do meu prédio e o pior modelo que já fotografei na vida – também conhecido como eu mesmo.”

Um dos destaques é um registro do fotógrafo no qual está de vermelho e com um saco de lixo pegando fogo no lugar da cabeça. Com cinquenta e cinco por cento de desconto na compra com o cupom “anendfor”, o livro está à venda pelo site da DreamBooks em quatro versões com quatro capas e contracapas diferentes e feitas com papel de seda. Em parceria com a ONG Comunidade Santo Amaro Contra a Covid, Fernando vai doar todo o lucro das vendas, que varia entre R$ 338,80 e R$ 422,10, de acordo com o modelo escolhido, para o centro em forma de cestas básicas, produtos de higiene e água para os locais afetados pela pandemia.

+ Casa de Cultura Laura Alvim reabre com mostra de dupla contemporânea e mais exposições

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *