Grupo de nadadores revitaliza área degradada na Praia de Copacabana - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Grupo de nadadores revitaliza área degradada na Praia de Copacabana

Há menos de uma semana, a paisagem de Copacabana ficou um pouco diferente. É que bem no Posto 6, pertinho da Colônia dos Pescadores, foi aberta uma nova praça com bancos para apreciar a bela vista da Praia de Copacabana. O que quase ninguém sabe é que o novo mirante, inaugurado na segunda-feira, 4, surgiu a partir de uma iniciativa privada de um grupo de nadadores da área. A turma, batizada de “Esporte Clube LL Gladiadores”, adotou o espaço até então degradado e, com o próprio dinheiro, investiu em obras de revitalização.

Todos os dias, nadadores como Pedro Alberto Alqueres, presidente dos Gladiadores, se reúnem de manhã cedinho nas areias da praia para iniciar os treinos no mar comandados pelo atleta Luiz Lima, pentacampeão da Travessia dos Fortes e participante de duas olimpíadas. “Estamos ali todos os dias e aquele canteiro feio e mal cuidado estava inutilizado. A partir daí, surgiu a ideia de criarmos uma área em que os cariocas pudessem apreciar a vista de um ponto bem bonito da praia”, explica Pedro.

Pedro conta que o grupo deu entrada no pedido de adoção do espaço no fim de 2017 e o mesmo foi assinado pela prefeitura do Rio em fevereiro de 2018. Após algumas autorizações de órgãos públicos, as obras, a cargo de Júlio Rocha, da MRocha Engenharia, começaram em maio. Foram instalados bancos e uma pavimentação e o mirante foi inaugurado no dia 4 de junho. “Nosso grupo está sempre de olhos em oportunidades na região. Começamos por ali, onde treinamos todos os dias, mas a reação dos frequentadores foi tão legal que pretendemos abraçar mais projetos de melhorias”, finaliza Pedro.

Quer adotar uma área do Rio? Saiba como

Qualquer cidadão pode adotar uma área pública da cidade e revitalizá-la. O órgão responsável pela seleção dos candidatos no Rio é a Fundação Parques e Jardins (FPJ). Atualmente,  o programa Adote Uma Área Verde disponibiliza cerca de 3 mil áreas para serem adotadas, entre parques naturais, parques urbanos, praças, canteiros e outros tipos de terreno. Para adotar um espaço público, o interessado envia uma carta de intenções à FPJ, seguida de cópias do documento de identidade, do CPF e de um comprovante de residência.

Antonia Leite Barbosa

Criadora da Agenda, Antonia Leite Barbosa é carioca, mãe de dois meninos e apaixonada pelo Rio de Janeiro. Leia mais em "A Autora".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *