Representante do Rio, Jessica Sanchez é a única mulher na final do World Class Brasil - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Representante do Rio, Jessica Sanchez é a única mulher na final do World Class Brasil

No último mês, o World Class Competiton, maior campeonato de coquetelaria do mundo, anunciou a lista dos nove finalistas que concorrerão ao título de Melhor Bartender do Brasil, dia 6 de julho, no Eataly Brasil.

Desenvolvido pelo selo internacional de coquetelaria World Class, a competição nasceu para estimular a cultura de coquetelaria e inspirar bartenders a elevar o padrão de qualidade de bares e restaurantes. Está certo que a colecionadora de prêmios Jessica Sanchez é paulista, mas foi no Rio que ela se revelou uma das melhores do mundo. Ainda na terra da garoa, ela começou como sommelier muito jovem, e já aos 19 anos começava a se aproximar da mixologia através de um curso. Apaixonou-se pela coquetelaria, mudou-se para o Rio em 2012, e com 25 anos já era a primeira mulher a assumir o sofisticado balcão do Copacabana Palace, onde ficou por quatro anos. Isso depois de atrair os holofotes para o Meza Bar dois anos antes.

Daí em diante, ela voou. Em 2014, a bartender foi a primeira mulher a vencer o Vive la Révolution, da vodca francesa Grey Goose, a etapa carioca do campeonato da vodca holandesa Ketel One, e a final latino-americana do Bols Around the World, da Lucas Bols, mais antiga fábrica de destilados do mundo. Hoje cuida de nada menos que 12 bares de restaurante, inclusive o seu, o Vizinho Gastrobar, o “centro” das atenções no Vogue Square, na Barra da Tijuca. Única mulher na final brasileira, Jessica foi para a final com sua criação Bubbles out, drinque preparado com o rum Zacapa, redução de champagne e ácido cítrico. “Conquistei todas as grandes coisas que eu queria e tem uma coisa que está na minha lista que é ganhar o World Class”, diz.

A etapa brasileira elegeu os 9 melhores, e além da representante do Rio, vem Luciano Guimarães, do Pina&Co., de Recife; Gustavo Guedes, do Nakombi em Brasília; em Curitiba vem Vinicius Kodama e outros cinco bartenders de São Paulo: Diogo Sevilio, do Cozinha 212, Jairo Gama, do The Sailor, Puma Ricardo, Renan Tarantino, do Nakka Jardins e Ricardo Basseto do Sheraton WTC. Daqui o campeão o campeão – ou campeã! – brasileiro disputará a final global no México no final de agosto. Na torcida pela nossa prata da casa!

Mariana Broitman

Responsável por levar a Agenda Carioca para o universo digital, desde 2012 a jornalista Mariana Broitman divide com a Antonia a missão de pesquisar e experienciar o que o Rio tem de melhor. Curiosa e apaixonada pela Cidade Maravilhosa, se dedica a apresentar - e descomplicar - o que há de mais autêntico, sempre de olho em novos projetos e talentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *