Leblon faz 100 anos repleto de novidades - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Leblon faz 100 anos repleto de novidades

O Leblon comemora 100 anos nesta sexta-feira, dia 26, com muita história para contar e também novidades nas várias opções boêmias do bairro. Quem vê, por exemplo, o Le Blond, o mais recente restaurante do chef Claude Troisgros, lançado ano passado (leia mais sobre a casa aqui), pode achar que o nome é apenas uma brincadeira francesa com o bairro. Mas é justamente o contrário: Le Blond era como essa área na Zona Sul do Rio era chamada antes de ser ‘aportuguesada’ para Leblon. Conta a história que a região foi nomeada em homenagem ao empresário francês Charles Le Blond, que foi dono de grande parte das terras por ali no século XVIII. Sua chácara ocupava metade do atual bairro, cobrindo toda a extensão da Rua Bartolomeu Mitre e se expandindo por boa parte da orla. No século XIX, o grande terreno foi loteado e vendido dando início ao Leblon que conhecemos hoje.

Mil Folhas de palmito do Le Blond: menu especial só neste fim de semana

E por falar em Le Blond, o chef Troisgros criou um menu especial para a data que será servido apenas no sábado e no domingo. O restaurante vai oferecer o mil folhas de palmito pupunha com vieiras e vinagrete de tucupi (R$ 38) , magret de pato com maracujá, endivas e mortadela ( R$ 68) e a sobremesa chocolate, framboesa e Fiore Di Latte (R$ 32) .

Da França para a Itália, o Nido Ristorante, aberto há quase um ano no bairro, também caprichou no cardápio. O Festival de Massas rola até domingo com um menu fechado que inclui entrada, principal e sobremesa (R$ 150). Entre as opções, o chef Rudy Bovo, italiano de Veneza, preparou pratos como o nhoque de berinjela com linguiça calabresa e cogumelos porcini, cappelacci com recheio de carne de javali ao molho de queijo pecorino e caramelle recheado de ricota e espinafres frescos ao molho manteiga, sálvia e mel trufado. E para brindar o centenário, a taça de espumante é cortesia.

Outro italiano que também está com novidades é o Quadrucci. O chef Ronaldo Canha criou novas receitas para aquecer o inverno. Entre as sugestões de entrada, leitãozinho assado na lata coberto com relish de tomatinhos e manjericão e aioli de basílico (R$ 39); ostras gratinadas com manteiga de Chianti, orégano fresco e limão (R$39); e brie crocante sobre polenta trufada e molho funghi, acompanhado de torradas e geleia de pimentão (R$ 33). De principal, nhoque de aipim recheado com gorgonzola, molho de Granna Padanno trufado e vegetais em brunoise (R$ 49); paleta de cordeiro assada em baixa temperatura com molho glaceado, acompanhada de hortaliças e legumes da estacão “alla grillia” (R$ 75); pernil de leitão à pururuca acompanhado de canjiquinha de milho com brunoise de hortaliças e farofa de alho (R$ 79); e picadinho de filé Angus acompanhado de risoto de parmesão com gema perfeita e farofa de alho (R$ 59). Para finalizar, palha italiana com creme inglês de caramelo com sal (R$ 27).

Pernil de leitão à pururuca é novidade no Quadrucci (Foto: Rodrigo Azevedo)

EM CLIMA DE BOTECO

Adão criou pastel Leblon (Foto: Berg Silva)

Para quem busca um clima mais festeiro, o novo Bar Leblon também está com novidade. Com show do DJ português Dukka Calliery, que já dividiu a mesa com David Guetta, o local lança, nesta sexta-feira, dia 26, às 17h, o Baby Leblon: um sanduíche preparado com pão sacadura e coberto por mozzarela gratinada com o maçarico, além dos recheio escolhidos exclusivamente para a receita, que podem ser de costela, pernil e ragu de linguiça.

Seguindo no clima boteco, o Bar do Adão preparou um pastel que vai deixar os fãs de queijo com água na boca. No cardápio até o dia 10 de agosto, o Pastel Leblon traz um recheio de queijos gruyère e parmesão, presunto royale e molho branco.

DE GRAÇA

A Porto Frescatto preparou uma ação especial para os 100 anos do bairro. Nesta sexta, 26 de julho, a casa realiza das 12h às 16h uma degustação de bobó de camarão com o chef Rodrigo Schweitzer acompanhada de vinhos em lata Vivant, rosé, branco e tinto. O evento contará também com o saxofonista Marcelo Cebukin tocando um repertório de bossa nova que lembra a história do bairro.

PARA ADOÇAR

Tartelete de frutas vermelhas do Kurt fica em cartaz só em julho (Foto: Filico)

A confeitaria Kurt é daquelas que ganha o selo de garota do Leblon com propriedade. Com mais de 75 anos de história, a casa serve delícias francesas até o fim de julho. Algumas das novidades são: Tarte Tartin (R$ 18), o tartelete de frutas vermelhas (R$18) e o Eclair de Pistache (R$ 17).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *