Exposição de Maria Lynch convida os cariocas a ressignificarem antigas experiências - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Exposição de Maria Lynch convida os cariocas a ressignificarem antigas experiências

Para celebrar seus 15 anos de trajetória, a artista carioca Maria Lynch preparou uma imersão para lá de interessante no Oi Futuro de Ipanema. A nova exposição Máquina Devir mergulha no conceito de imanência, e a artista oferece um percurso imersivo em situações e vivências familiares para desconstruir modelos de representação. A ideia, como explica a artista, é que, a partir dos jogos de sensações e dos exercícios propostos, abra-se um espaço para a instabilidade. “Procuro evidenciar que somos passíveis de criar uma nova maneira de pensar e sentir, resistindo aos valores consolidados e estabelecidos. Como diria Espinosa, ‘o homem só é livre somente quando entra na posse da sua potência de agir’”, cita.

Para isso, ela vai além da pintura que a consagrou. Durante o trajeto, atores fantasiados, dançarinos, múltiplos cheiros e outros estímulos sensoriais conduzirão a atmosfera perceptiva do espectador. A mostra ocupará 9 ambientes do prédio, e as surpresas começam desde a vitrine no térreo, onde Maria exibe a sua aclamada instalação de bolas com trilha sonora de Rodrigo Amarante – recém apresentada na galeria Wilding Cran em Los Angeles, onde mora. As salas ganharam nomes como “Roupagem”, “Mito”, “Memória/Desejo”, “O que você mais gosta de fazer?” e “Coragem”, e cada uma guarda uma experiência. Num dos ambientes, duas pessoas, uma vestida de palhaço e outra de gorila, citarão textos e passagens de filósofos como Deleuze, Espinosa e Nietzsche. Em outro, os participantes, vendados, receberão uma série de materiais para experimentar. “Nessa a ideia é explorar os sentidos do participante. Não haverá câmeras”, explica a artista.

Pelas nove salas, a gente já adianta que será possível provar doces, escrever sobre as memórias da infância, brincar com objetos divertidos, e até uma rápida apresentação de pole dance está no pacote. Ficou curioso? A mostra entra em cartaz no dia 14 e segue até março no Oi Futuro. (por MARIANA BROITMAN)

MARIA LYNCH – Máquina Devir
De 14 de janeiro a 19 de março | Ter. a dom. e fer., das 13h às 21h
Oi Futuro Ipanema: Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema
Tel.: (21) 3131-9333 | Entrada franca
Classificação: 18 anos

Mariana Broitman

Responsável por levar a Agenda Carioca para o universo digital, desde 2012 a jornalista Mariana Broitman divide com a Antonia a missão de pesquisar e experienciar o que o Rio tem de melhor. Curiosa e apaixonada pela Cidade Maravilhosa, se dedica a apresentar - e descomplicar - o que há de mais autêntico, sempre de olho em novos projetos e talentos.

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *