Cheio de histórias para contar, Mercado Mundo Mix volta ao Rio - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Cheio de histórias para contar, Mercado Mundo Mix volta ao Rio

O bom filho a casa torna! Após dois anos fora da cidade, o Mercado Mundo Mix está de volta ao Rio e no mesmo lugar que fez fama nos anos 1990, na Fundição Progresso.  A feira idealizada por Beto Lago – que foi a primeira de economia criativa do Brasil – surgiu em 1994 em São Paulo, mas encontrou em solo carioca um cantinho para chamar de seu. O evento que lotava o grande espaço da Fundição era a meca de clubbers, rappers, skatistas, drag queens, GLS (sigla criada por Beto Lago para “gays, lésbicas e simpatizantes” e que, mais tarde, se tornaria LGBT+) e de tribos alternativas cansadas da mesmice do mainstream.

No MMM, surgiram nomes da moda como Alexandre Herchcovitch, Marcelo Sommer, Cavalera e Chilli Beans. E rapidamente a expansão da marca foi além dos muros da Lapa, abrindo portas para uma série de eventos em que grupos do underground e da diversidade pudessem se expressar livremente. Junto com o Mundo Mix, Beto Lago criou a Parada da Paz, inspirada na Love Parade alemã, e que teve edições entre os anos de 1996 e 2002. Logo se transformou no maior evento de musica eletrônica da América latina, onde nasceram os principais festivais do gênero, tirando as raves dos guetos para invadir um mercado mais comercial e patrocinado por grandes empresas.

Mais de 24 anos depois, o evento segue englobando uma saudável mistura de gastronomia, moda, música e arte, mas com um diferencial. As feiras de economia criativa hoje não são novidades, mas o MMM busca manter a descoberta de novos talentos e o selo empreendedor, sem o custo exagerado praticado atualmente. “O aparecimento sem critério e de uma forma predatória das mais variadas feiras de nicho colocou o criador em uma situação de estresse. Esses eventos chegam a cobrar mais de R$ 2 mil reais no fim de semana e, muitas vezes, não são organizados de forma respeitosa. O empreendedor que está começando acaba sendo desestimulado”, analisa Beto Lago.

A nova edição acontece neste sábado, 24, das 12h às 22h, com entrada franca. Workshops, DJs, shows, exposições e até uma apresentação burlesca fazem parte da programação. Entre as oficinas oferecidas, acontece às 15h30 a palestra “Stress do cotidiano”, com o objetivo de oferecer ferramentas para equilíbrio energético e inteligência emocional; e, às 17h, rola o workshop “Upcycling e Ressignificação do Consumo”.

MERCADO MUNDO MIX
Onde: Fundição Progresso (Rua dos Arcos 24, Lapa)
Quando: sábado, dia 24/11, das 12h às 22h
Entrada Franca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *