Prêmio RioShow: conheça os vencedores - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Prêmio RioShow: conheça os vencedores

O Prêmio RioShow de Gastronomia 2015 coroou nesta quinta-feira os melhores, bares e restaurantes da cidade. Maior evento do gênero no país é, consequentemente, um dos mais aguardados dos entusiastas da cozinha no Rio de Janeiro, e o clima foi de festa antes mesmo de os premiados serem anunciados.

No preview, já deu para perceber que o evento cresceu. Agora são três espaços para oficinas – incluindo uma cozinha vitrine de babar patrocinada pelo Senac – e uma área de convivência ainda maior que a do ano passado, onde se encontram quiosques charmosíssimos de casas premiadas previamente, entre elas, Gero, Laguiole, Entretapas, Aconchego Carioca, SawasdeePomar Orgânico e Osteria Dell’Angolo, além de quitutes de food trucks estacionados juntos às pistas de corrida. Aqui o destaque vai para o novíssimo Gula Gula Sobre Rodas, que serve porções reduzidas de clássicos da casa – incluindo a deliciosa salada de batata frita -, e o truck da chef Isis Rangel, com receitas clássicas da Bahia preparadas com maestria. E, claro, o SudTruck, da recém-eleita melhor chef da América Latina, Roberta Sudbrack. Este ano, além do SudDog, ela serve o SudDuck, novo hot dog criado em parceria com a Jeffrey, mais conhecida como a “cerveja do pato”. Confira a programação completa aqui

Conheça os vencedores 
Rafa Costa e Silva e o seu Lasai foram os grandes premiados da noite, com Melhor Restaurante Melhor Chef. Na ala Novidade Contemporâneo, levaram Pedro Siqueira, do Puro, e o RS de Roberta Sudbrack respectivamente. O prêmio Especial foi para o chef Rolland Villard, homenageado com os garfinhos por sua contribuição para a culinária da cidade – que costuma render críticas impecáveis da top Luciana Fróes, um dos maiores nomes do jornalismo de gastronomia do país. No quesito Pé Limpo, amei que quem levou foi o Boteco DOC, e o troféu Pé Sujo foi para o Real Chopp.
2015082035466-1Depois entraram os prêmios mais específicos. Amamos que o Comida Leve se dividiu entre o clássico restaurante Celeiro e a chef estreante Nathalie Passos, do moderninho e criativo Naturalie Bistrô. Outro endereço de vanguarda que brilhou no evento foi a Comuna, que faturou o prêmio de Melhor Hambúrguer, categoria-novidade junto com o queridinho da Madrugada, outro queridinho nosso, o Galeto Sat’s.

Já o prêmio de melhor Carne foi para o Esplanada GrillFrutos do Mar, para o Satyricon. Nas ala das cozinhas estrangeiras, nenhuma novidade. Francês, Olympe, português, Antiquarius, Oriental, Azumi e o prêmio de melhor italiano foi para o Gero, assim como Melhor Serviço. Endereço Tradicional para A Polonesa Visual, para o Albamar. Na ala das bebidas, a melhor Carta de Vinhos foi para o talentosíssimo Alexandre Lalas, do Casa Vieira Souto, e o charmoso Paris Bar faturou a melhor Carta de Drinques. Já nas Cachaças, Academia da Cachaça, e a Carta de Cervejas foi para o Delirium Café.

Melhor Pizza foi para o Bráz Capricciosa, Sanduíche para a Casa CarandaíCafé da Manhã foi para o La Bicyclete Para Beliscar venceu o Venga e o Melhor Couvert da cidade é do Osteria Dell’Angolo. Os quitutes se dividiram entre o prêmio de Melhor Doce para a Boulangerie Gerin Sorvete, que foi para o talentosíssimo Andrea Panzacchi, da Vero Gelato Italino. (via MARIANA BROITMAN) 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *