Está tendo: Queermuseu reestreia na EAV do Parque Lage - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

EAV - Parque Lage

Está tendo: Queermuseu reestreia na EAV do Parque Lage

A notícia pode não ser surpresa para alguns, mas é fruto de um esforço coletivo a favor da arte, cultura, liberdade de expressão e representatividade. Depois de uma controversa estada em Porto Alegre (RS) e veto do prefeito Marcelo Crivella à instalação da exposição no Museu de Arte do Rio, reestreia hoje, dia 18 de agosto, o Queermuseu: cartografias da diferença na arte brasileira nas Cavalariças da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Jardim Botânico.

A mostra foi viabilizada por meio de um crowdfunding – financiamento coletivo – lançado pela própria EAV e que, em poucos meses, sensibilizou muitos doadores. A mostra ficará em cartaz até o dia 16 de setembro e, com a curadoria de Gaudêncio Fidelis, reúne 223 obras de 85 renomados artistas nacionais e internacionais. Com abordagem exclusivamente queer (termo que designa diversidade e o direito a uma existência fora da norma), a exposição abarca extenso lapso temporal, com obras de meados do século XX até a atualidade,  provenientes de coleções públicas e particulares dos artistas. Seu único denominador comum? Incentivar e validar a multiplicidade estética e de pensamento.

Durante os 30 dias de Queermuseu, o público poderá apreciar obras de Adriana Varejão, Alfredo Volpi, Cândido Portinari, Guignard, Alair Gomes e muito mais. Além da mostra, a EAV vai promover o Fórum Queermuseu, um espaço de debate e discussão em torno de assuntos que estão em voga como: judicialização da arte, crenças e manifestações religiosas, o caso Queermuseu: entre a liberdade e a censura, dentre outros.

Não termina por aí: além das mesas públicas de troca, apresentações musicais de grupos ligados à cultura popular se apresentarão semanalmente na exposição. Também vai rolar uma edição da Feira Tijuana de Arte Impressa, a primeira feira de livros de artista organizada no país. O evento, que existe desde 2007, busca criar um espaço expositivo para apresentar obras de artistas que possuem formato incompatível com o espaço expositivo tradicional.

A programação é intensa, extensa, diversificada e muito rica culturalmente. A proposta dessa mostra é incentivar a inclusão, democracia e respeito ao próximo, possibilitando que o público abra a mente e seu senso crítico para a heteronormatividade tão enraizada na sociedade e possa exercitar a tolerância e – porque não? – o apreço às diferenças.

Cabe lembrar que o Queermuseu é um programa destinado a todos os públicos, sem qualquer censura e o espaço adotará as orientações previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente para evitar quaisquer possíveis inconvenientes.

QUEERMUSEU: CARTOGRAFIAS DA DIFERENÇA NA ARTE BRASILEIRA
18 de agosto a 16 de setembro
Escola de Artes Visuais do Parque Lage: Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico
Seg., à sex., das 12h às 20h; sáb., dom., e feriados, das 10h às 17h
Entrada franca
Para mais informações, acessar o site do EAV.
Para acessar a programação completa, basta entrar no evento do Facebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *