Nova exposição de Toz mergulha na arte urbana do personagem Insônia - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Nova exposição de Toz mergulha na arte urbana do personagem Insônia

Você pode até não reconhecer Tomaz Viana pelo nome, mas com certeza já esbarrou com algumas de suas obras por aí. Basta uma rápida busca na web para saber de quem estamos falando. Um dos principais nomes da arte urbana atual, o Toz ficou conhecido pelos personagens com traços mangás, como a bonequinha Nina, mas foi em 2010 que criou um dos personagens mais significativos de sua obra, o Insônia. Uma espécie de entidade noturna e onipresente, essa figura mítica agora ganha sua própria exposição, que fica em cartaz na Caixa Cultural do Rio de Janeiro de 30 de maio a 26 de agosto.

Baiano de nascimento, mas crescido no Rio de Janeiro, o artista plástico resgata um pouco de suas origens nesse trabalho. “O Insônia tem muitas referências baianas, mas nasceu no Rio, vive nas ruas e na boemia carioca. Sua criação surgiu da vida nas noites cariocas, e só depois fiz a conexão com a Bahia. Dá para dizer que ele é metade baiano, metade carioca” explica. Toz – Cultura Insonia apresenta 10 trabalhos – alguns deles inéditos – que revelam os integrantes dessa civilização e suas influências, o desenvolvimento de sua cultura, a relação com sua história, sua genealogia e o vínculo com novas raízes. Além dos grafites, Toz trabalha com novos e diversos materiais, como esculturas, manequins e figurinos, além de uma instalação interativa para o público.

Nesse mergulho, o artista se deparou com matérias ainda não utilizadas em seu repertório: o ferro, a resina, a cabaça e o gesso. “Gosto de descobrir novas possibilidades do meu trabalho, procuro sempre me cercar de bons profissionais para aprender e fazer da melhor forma. Com o ferro chamei o Pedro, um escultor de Santa Teresa que trabalha com ferro velho; e resina trabalhei com um amigo shaper de surf, o Alexandre. Dessa forma, fico tranquilo que a minha ideia vai ser realizada exatamente do jeito que imaginei”. Nessa busca por novos padrões, Toz também anda, cada vez mais, se arriscando na produção de esculturas, resultado de aulas de cerâmica e de uma maior compreensão de seus desenhos em 3-D.

E quem quiser mergulhar ainda mais no mundo soturno e boêmio do Insônia, o artista estará presente na Caixa Cultural para uma visita guiada com o público nos dias 16 de junho, 14 de julho e 18 de agosto (horários a confirmar).

EXPOSIÇÃO TOZ – CULTURA INSÔNIA
Caixa Cultural Rio de Janeiro – Galeria 3 (Av. Almirante Barroso 25, Centro)
De 30 de maio a 26 de agosto
Terça-feira a domingo, das 10h às 21h
Entrada franca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *