Alto Astral, por Constança Basto (28 a 4/5) - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

No Banner to display

Alto Astral, por Constança Basto (28 a 4/5)

Começamos a semana com uma poderosa Lua cheia e ela estava em Escorpião com o Sol em Touro. Esta é uma lua cheia muito especial. Ela é a primeira Super Lua de 2021, isso por que a Lua está em um ponto da sua órbita muito próximo a terra e com isso nós aqui a percebemos ainda maior do que normalmente.

Além disso, a lua cheia em Escorpião é também conhecida como a Lua de Wesak, que é um festival budista que celebra a vida de Sidarta, o primeiro Buda. Ou seja, esta será uma semana muito importante para celebrarmos a vida e a nossa busca por propósito nesta existência. Um dia que simboliza o poder da cura através do amor e da compaixão. O que mais precisamos? É uma lua muito poderosa, ideal para um mergulho profundo em nós mesmos a fim de entendermos o que precisamos curar, deixar ir e nos libertar para seguirmos renovados para uma nova vida.

Escorpião fala da impermanência, da transitoriedade de tudo e dos ciclos, das várias mortes que vivemos em vida para poder renascer e nos transformar, e seguir mais vivos e presentes. Esse é o exercício aqui durante esta semana tão especial. Aqui na lua cheia nossas emoções estão afloradas e tudo que temos tentado evitar e esconder, aparece. Na lua cheia ficamos mais extrovertidos, mas também sensíveis e vulneráveis. Precisamos nessa fase aprender a equilibrar e conciliar polaridades bem opostas. Neste caso vamos sentir o cabo de força entre questões como a vontade de estabilidade, sossego, segurança do conhecido e do conforto material e físico do Sol em Touro e por outro lado uma urgência por mudanças, transformações, limpeza e regeneração da Lua em Escorpião. Sentiremos a necessidade do desapego que possibilita e cria espaço para as mudanças importantes chegarem e para o novo acontecer na nossa vida. Muitas vezes sentimos que queremos e precisamos mexer, cutucar feridas antigas, mas por outro lado não queremos perturbar a paz e a harmonia. Vamos precisar nesse período encontrar um caminho e mexer sim e encarar as feridas, mas usando toda nossa capacidade de doçura, carinho e cuidado para curar e não destruir.

A lição desta Lua é a coragem que precisamos ter para perceber a impermanência de tantas coisas, perceber o que se encerrou, viver o luto, ficar com o aprendizado que a dor nos traz, e transformar o sofrimento em força de  regeneração e então poder renascer ali na frente mais fortes e seguros. Para isso precisaremos aprender a valorizar o momento presente, o que somos e o que temos hoje, e aprender e praticar a presença, a vida é uma só e ela acontece no hoje e no agora!

Vamos olhar para o céu essa semana! 

Ainda na terça, Plutão iniciou seu movimento retrógrado no signo de Capricórnio e permanece retrógrado por um longo tempo. Esse movimento nos convida a conectar com nosso silêncio e com nossas profundezas. Olhar para o que escondemos até de nós mesmos. Trazer o inconsciente para o consciente e assim poder entender melhor nossa posição no aqui e agora. Conseguir estar de fato presentes em nossas vidas. Precisamos se possível evitar conflitos nessa fase. Entender que o trabalho a ser feito aqui é a limpeza do que nos aprisiona. Mexer no passado e deixar ir o que não nos serve mais, fazer uma cuidadosa especulação para limpar, virar a página e se renovar de uma vez. Só podemos olhar verdadeiramente para o futuro quando o que estava mal resolvido ou mal-entendido no passado estiver esclarecido e ressignificado, assim poderemos nos libertar para seguir. Tomem seu tempo e não tenham pressa. Dediquem-se a esse mergulho profundo, que será fundamental para as coisas fluírem da melhor forma lá na frente, sem as motivações ocultas que lhe manipulavam sem seu conhecimento, nem consentimento.

Na quinta-feira, Mercúrio faz um aspecto fluente com Netuno e a inspiração aparece forte para escrever, se comunicar e trocar. Boas ideias surgem. A imaginação está em alta e tudo flui melhor. A intuição está muito ativada e as fantasias também. Sonhamos acordados e nos sentimos muito mais sensíveis às atmosferas e pessoas a nossa volta. Podemos perceber o que muitas vezes passa despercebido, mas por outro lado fica mais difícil focar em tarefas práticas. Esse é um dia para confiarmos mais nas nossas intuições e sensações, do que no que vemos na nossa frente. O ideal aqui é usarmos esse tempo para escrever, escutar boa música, meditar ou praticar qualquer atividade que nos inspire verdadeiramente. Aqui estaremos com o pensamento muito mais conectado com o todo e com as pessoas a nossa volta. O que é ótimo nesse momento onde precisamos tanto nos unir e ajudar. As conversas nesses período ficam mais fluidas e encontramos saídas para as desavenças anteriores. 

Na sexta-feira, o Sol faz conjunção com Urano. Esse encontro movimenta o coletivo e agita nossa próxima semana. Estimula todo o tipo de transformações, mudanças e renovação. Imprevistos podem acontecer, novidades aparecem, temos insights e muita criatividade a nossa disposição. Quando Urano está em evidência no céu, temos sempre a possibilidade de surpresas e situações inesperadas e devemos estar preparados e exercitar a flexibilidade e a adaptabilidade que o aspecto pede. 

Esse encontro quando acontece com o nosso Sol natal, ou seja, para os aniversariantes da semana, pode nos levar a questionar muitas coisas sobre nossa vida e o que temos feito dela. Por um lado, ele nos traz a disposição necessária para guinadas, mudanças e libertação, caso sejam necessárias. E pelo lado desafiador, é um aspecto que induz a intolerância e impaciência. O que pode acontecer é um pouco de cada uma dessas características, ora traz força de libertação e criatividade, ora aciona a impaciência e o radicalismo. A ideia é exercitar a calma e fazer uma coisa de cada vez em direção às mudanças que tanto queremos e precisamos fazer num momento complexo como este que estamos vivendo.

Seremos atraídos nesta fase por qualquer coisa nova e excitante, tanto no trabalho quanto no desenvolvimento pessoal. O que podemos afirmar durante esse período é que devemos esperar o inesperado. Os trânsitos de Urano não são maléficos, exceto quando não estamos dispostos a aceitar novidades e mudanças em nossa vida. Nesse caso esse trânsito pode ser sofrido e mais desafiador. Urano questiona e desafia as estruturas rígidas e tende a rompê-las. É um chamado para examinarmos e nos libertarmos do que nos limita internamente e criar novas saídas para antigas questões. Pode ser muito revigorante! Normalmente as mudanças trazidas por Urano trazem progresso real para nossa vida. A inovação está no ar e precisamos muito dela nesse momento.

No sábado dia 2, Mercúrio faz um trígono com Plutão e a mente fica mais poderosa e profunda e é capaz de encontrar soluções para transformar os pontos da nossa vida que precisam ser mexidos e regenerados, tarefa dessa semana de lua cheia em Escorpião e Plutão iniciando seu movimento retrógrado. Aqui somos mais capazes de mudar nosso olhar para questões que antes não víamos saída e de repente quem sabe percebermos um novo caminho, uma nova forma de fazer algo fundamental. A palavra aqui tem muita força! A palavra sob esse aspecto cura e regenera, reaproxima e repara. Vamos ficar atentos e usar esse dom com sabedoria.

Boa semana a Todos!

Resumo da semana:

  • 27.04 Lua cheia em Escorpião: A lição desta Lua é a coragem que precisamos ter para perceber a impermanência de tantas coisas, perceber o que se encerrou, viver o luto, ficar com o aprendizado que a dor nos traz, e transformar o sofrimento em força de  regeneração e então poder renascer ali na frente mais fortes e seguros. Para isso precisaremos aprender a valorizar o momento presente, o que somos e o que temos hoje, e aprender e praticar a presença, a vida é uma só e ela acontece no hoje e no agora!
  • 27.04 Plutão retrogrado: Esse movimento nos convida a conectar com nosso silêncio e com nossas profundezas. Olhar para o que escondemos até de nós mesmos. Trazer o inconsciente para o consciente e assim poder entender melhor nossa posição no aqui e agora
  • 29.04 Mercúrio sextil Netuno: Podemos perceber o que muitas vezes passa despercebido, mas por outro lado fica mais difícil focar em tarefas práticas. Esse é um dia para confiarmos mais nas nossas intuições e sensações, do que no que vemos na nossa frente. O ideal aqui é usarmos esse tempo para escrever, escutar boa música, meditar ou praticar qualquer atividade que nos inspire verdadeiramente.
  • 30.04 Sol conjunção Urano: É um chamado para examinarmos e nos libertarmos do que nos limita internamente e criar novas saídas para antigas questões. Pode ser muito revigorante! Normalmente as mudanças trazidas por Urano trazem progresso real para nossa vida. A inovação está no ar e precisamos muito dela nesse momento.
  • 02.05 Mercúrio trígono Plutão: A palavra sob esse aspecto cura e regenera, reaproxima e repara. Vamos ficar atentos e usar esse dom com sabedoria.

Constança Basto é astróloga e divide seu tempo entre livros, mapas, sinastrias, previsões e ama tirar dúvidas astrológicas. Quem quiser continuar o papo alto astral, entre em contato pelo e-mail [email protected], pelo Instagram @constancabasto ou envie um comentário para a coluna

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *