Roteiro dos supersticiosos parte 2: nhoque para o ano todo - Agenda CariocaAgenda Carioca

publicidade

Roteiro dos supersticiosos parte 2: nhoque para o ano todo

Quem acompanha a Agenda sabe que somos adeptas ao ritual que nasceu na Itália e corre o mundo a cada dia 29 do mês. Em 2016, publicamos mensalmente o nosso roteirinho sagrado, e lá vamos nós em 2017.

Reza a lenda que num 29 de dezembro distante, São Pantaleão vagava faminto por um vilarejo italiano atrás de um prato de comida. Vestido de andarilho, bateu na porta de uma das casas e foi acolhido por uma família que, mesmo sem muito o que comer, dividiu seu alimento com o viajante, rendendo exatos sete pedaços de nhoque para cada um. O santo comeu, agradeceu e foi embora, mas o ato de bondade não passou impune: ao retirar os pratos da mesa, a família encontrou moedas de ouro embaixo de cada louça.

Apesar de o Dia de São Pantaleão ser em dezembro, o ritual italiano se espalhou pelo calendário. A cada dia 29, o gnocchi se tornou uma forma de relembrar a história e, para os supersticiosos, atrair fortuna para o restante do mês. Acreditando ou não, é de se convir que trata-se de uma bela metáfora, certo?! Se não, é, no mínimo, uma ótima oportunidade para reunir pessoas queridas à mesa.

A regra é simples: basta se servir do nhoque e colocar embaixo do prato uma quantia em dinheiro – não importa qual seja. Na hora de comer, há quem deguste os sete primeiros pedaços em pé, quem faça a oração de São Pantaleão – ou por aqui, São Genaro -, e há quem mentalize seus desejos a cada mordida. Aí é com você. Com a gente fica a missão de listar as receitas deliciosas para você se jogar neste dia 29. (por MARIANA BROITMAN)

Novidade da vez, a pizzaria Mamma Jamma da Barra da Tijuca lança o Nhoque da Mamma. A ideia é servir mensalmente uma receita inédita no almoço e no jantar. E seguindo à risca o ritual, a pedida vem com uma nota de 1 dólar, para atrair fortuna. No sábado de estreia, a sugestão da Mamma será o nhoque ao sugo com panceta italiana, presunto crocante e rúcula (R$ 48). Para o mês de maio, já antecipam que a receita será ao molho cremoso de cogumelos shiitake, shimeji, paris e porcini, com azeite trufado. 

O italiano L’Ulivo Cucina e Vini em Copacabana também é dos nossos, e mensalmente entra em clima de festa e põe em cartaz o prato que é opção exclusiva das quintas-feiras da casa. Não à toa, já que o chef e sommelier italiano, Renato Ialenti, nascido na capital de Roma e criado na Umbria, região central da Itália, leva a sério a missão de apresentar as tradições de seu país aos brasileiros. Lá a estrela será o Gnocchi al Sugo con le Spuntature di Maiale e Salsiccia, que tem sua massa feita na hora coberta por molho de tomate, linguiça Toscana e costelinha suína (R$ 44). Ainda no time dos italianos tradicionais, um dos clássicos do Gero, restaurante de Rogerio Fasano em Ipanema, é justamente o nhoque fresco, com a massa dourada em panela que derrete na boca. A pedida favorita da redação é a versão com suculentas lulas e vieiras (R$ 110). 

Para quem curte receitas inventivas como o brasileiríssimo nhoque de vatapá da chef Katia Barbosa, citado no roteiro de 2016, uma boa pedida pode ser o nhoque de milho do chef baiano Marcone Deus, em cartaz no Victoria, restaurante do Jockey. Lá, as bolinhas chegam à mesa com camarão, agrião, manjericão ao molho de tucupi e castanha do Pará (R$82). Ainda na linha de sabores brasileiros vem a versão da nutricionista e apresentadora Bela Gil. Em seus restaurantes Da Bela de Ipanema e Barra da Tijuca, ela serve um nhoque de raízes brasileiras, mais especificamente inhame e batata baroa, com bertalha e lascas de parmesão em pesto com toque de limão (foto – R$ 55). No La Nave Bistrô Bar, restaurante do Planetário da Gávea, outros sotaques entram em cena na receita do nhoque de banana da terra do chef Daniel Pinho, servido com shiitake fresco salteado na manteiga de sálvia, croûtons de bacon caramelizados e queijo Tulha (R$ 37). 

Outro endereço que surpreende é o espanhol recém-inaugurado no Jardim Botânico, iVenga! Taberna, que incluiu no cardápio o Ñoqui de Espinaca y Manchego, um nhoque de espinafre com o famoso queijo de ovelha espanhol (foto – R$ 45). Para fechar, o bonitão da capa: o nhoque do Riso Bistrô, em Ipanema, é uma das levíssimas criações do chef João Frankenfeld para a temporada, e combina creme de pesto clássico, burrata e presunto de parma (R$ 61).

Uma receita para cada dia 29 do ano. Agora é com você: faz o unidunitê e se joga! (por MARIANA BROITMAN fotos FILICO, DEREK MANGABEIRA, TOMAS RANGEL e RODRIGO AZEVEDO)

 

Mariana Broitman

Responsável por levar a Agenda Carioca para o universo digital, desde 2012 a jornalista Mariana Broitman divide com a Antonia a missão de pesquisar e experienciar o que o Rio tem de melhor. Curiosa e apaixonada pela Cidade Maravilhosa, se dedica a apresentar - e descomplicar - o que há de mais autêntico, sempre de olho em novos projetos e talentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *