Yámã burger vibration: o tempero jamaicano da Barra da TijucaAgenda Carioca

Yámã burger vibration: o tempero jamaicano da Barra da Tijuca

Quem vai atrás do burger da vez estranha ver que, diferente do que indica o endereço, a hamburgueria fica fora do burburinho da Olegário Maciel. Pelo contrário, lá um jazz animado dá o tom com a luz baixa, o que justifica ver fãs do sanduba de diferentes faixas etária bastante a vontade.

O ambiente acolhedor é parte, mas ainda está longe de ser o grande diferencial do Yámã. O nome dá a pista. Vem de Yeah, manexpressão comum aos países de língua inglesa, que ganha os acentos estrategicamente posicionados quando pronunciada na Jamaica. Quem diz são os proprietários Marcello e Carolina Antony, que depois de uma série de visitas ao país com seus filhos, decidiram homenageá-lo em forma de hambúrguer. Pois é, os sandubas são outra paixão da família, que costumava se reunir para cozinhar e eles costumavam ser a pedida número 1 para a mãe-chef Carol, que é nutricionista. Ou seja, abaixo a maionese industrializada, corantes e carnes pasteurizadas.

Para tirar a homenagem do papel, recorreram ao mestre do do assunto, Allan Salles, que deu consultoria e treinou a equipe que é comandada por João Villar, irmão de Carol. Tudo em família. O resultado foi o Yamã Burger, carro-chefe da casa, que traz a Jamaica em seu DNA através do molho jerk. “Se você for a Jamaica e não provar o molho de ervas, não foi”, brinca João, que está sempre investindo em upgrades para as receitas, a última foi um maçarico de construção, que garante o derretimento rápido do queijo.

Mas vamos ao que interessa. A mistura de especiarias tem presença forte da pimenta, além de cravo e gengibre à moda Yámã. Ou seja, é picante, mas também agridoce, e cai como uma luva sobre o redondo 100% Angus ao ponto da casa, suculento e vermelhinho por dentro. O arremate vem com queijo emmental derretido no maçarico, cebola roxa, chutney de manga e rúcula num pão de brioche feito sob encomenda, que sustenta a “orgia” gastronômica sem fraquejar – no caso, desmanchar. Quanta ciência por trás de um hambúrguer, não é mesmo? Pois é, e o que surpreende é que a casa segue desde seu início, no fim de 2016, mantendo o padrão de qualidade da estreia.

VEJA TAMBÉM: BURGER DO CLÁSSICO BEACH CLUB É O VENCEDOR DO PRÊMIO ‘SABORES DA ORLA’


Além da estrela, outras quatro receitas (entre R$ 33 e 37) garantem que qualquer fã de hambúrguer saia de lá satisfeito. Quem torce o nariz para temperos doces, pode optar pela versão com emmental, shitake salteado na manteiga de ervas e rúcula e ainda a versão sem carne, com shitake inteiro no molho pesto de tomate seco e castanhas coberto por gouda e maionese de manjericão. O posto de “básicão” da casa fica com o Pimper’s Paradise, gouda e a geleia de bacon da foto. Que tal? Recém-chegado ao cardápio para celebrar o Dia Mundial do Hambúrguer, o One Love é a opção croc-croc da casa, e traz o blend de carne da casa, acompanhado de gruyére, largas fatias de bacon crocante, rúcula, molho hollandaise e cebolas crispy. Que deleite, que delícia!

YAMÃ
Av. Olegário Maciel 366 loja E, Jardim Oceânico, Barra da Tijuca
Tel : (21) 3085-4982
Ter. a qui., das 18h30 à meia-noite; Sex. e sáb., de 18h30 à 01h; Dom., de 18h30 à meia-noite

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *